Juro médio chega a 28,4% em Setembro

O ciclo de alta da taxa básica de juros, a Selic, iniciado em abril deste ano, já reflete no aumento do juro médio cobrado do consumidor e de empresas, segundo os dados do Banco Central (BC) divulgados nesta terça-feira, 29.

A taxa média de juros no crédito livre subiu para 28,4% ao ano em setembro, antes 28% em agosto. Essa é a maior taxa desde maio de 2012, quando estava em 28,5% ao ano.

Para a pessoa física, a taxa média de juros no crédito livre passou de 36,5% ao ano para 37,2% ao ano. Para a pessoa jurídica, avançou de 20,6% ao ano para 20,7% ao ano na mesma comparação.

O cheque especial foi uma linhas de crédito livre para a pessoa física que mais subiram no mês – de 138,9% ao ano para 143,3% ao ano. Para o crédito pessoal, o avanço foi de 39,7% ao ano para 40,4% ao ano. Para veículos, os juros subiram de 20,9% ao ano para 21,2% ao ano.

Em sua última reunião, no início de Outubro, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central elevou a taxa básica de juros da economia, a Selic, pela quinta vez seguida. Com a alta de 0,5 ponto porcentual, para 9,5% ao ano, o Brasil voltou a ter o maior juro real do mundo (descontada a inflação), de 3,5%.
A expectativa do Banco Central é de que o atual ciclo de elevação da taxa básica de juros contribua para colocar a inflação em declínio.

Fonte: Estadão