O número de vagas de garagem

No Projeto de Lei 688/2013, que trata do novo Plano Diretor Estratégico de São Paulo e que está na Câmara de Vereadores para discussões e votação, o prefeito Fernando Haddad quer limitar o número de vagas de garagem nos novos empreendimentos residenciais, como forma de inibir o uso de automóveis e, assim, melhorar o trânsito na cidade de São Paulo.

Para debater se a medida terá eficácia e apresentar alternativas ao problema da falta de mobilidade, o Secovi-SP (Sindicato da Habitação) convidou o norte-americano Michael Krodansky, gerente de Pesquisas Urbanas do Instituto de Políticas de Transporte e Desenvolvimento (ITDP) de Nova York, para falar das melhores práticas urbanas adotadas em diversas cidades do mundo, em encontro técnico, na próxima terça-feira, dia 28/1, a partir das 12 horas, na sede do Sindicato (rua Dr. Bacelar, 1.043, Vila Mariana, São Paulo/SP).

Quando esteve na Rio+20, em 2012, Krodansky disse que uma das formas de melhorar o trânsito é cobrar daqueles que estacionam os carros nas ruas. Para ele, o motorista que usa o espaço público de graça é o grande responsável pelos congestionamentos, barulho, poluição e falta de segurança no trânsito.

O vereador Nabil Bonduki, relator do PL do Plano Diretor Estratégico, onde consta a proposta revolucionária de reduzir o número de vagas de garagens, e Fernando de Mello Franco, secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, participarão do evento.

O evento é exclusivo para associados do Sindicato e da Fiabci/Brasil (Federação Internacional das Profissões Imobiliárias), e é aberto a jornalistas.

Fonte: Secovi

Rent a Box
Self Storage